Vinhos, negócios e turismo na Serra gaúcha

parreiral outonal

Foto: Fabiano Mazzotti

 

Feira internacional será oportunidade para conhecer a maior região produtora de vinhos e espumantes do Brasil

Principal destino enoturístico do Brasil, a Serra gaúcha reúne atrativos que conquistam visitantes do país inteiro e também de fora dele. São opções como rotas históricas, roteiros de cicloturismo, tour de compras, turismo de aventura, rotas gastronômicas e, principalmente, as inúmeras possibilidades no mundo dos vinhos.

Inserida nesse cenário, Bento Gonçalves foi a escolhida para abrigar a Wine South America – feira internacional de negócios direciona ao setor vinícola. A cidade é o principal polo de produção nacional do vinho – oferecendo aos visitantes a experiência única de conhecer não só os melhores rótulos produzidos na região, o potencial, a qualidade e a estrutura da cadeia produtiva – mas, sobretudo, a história por trás de cada garrafa. Em meio a paisagens deslumbrantes, o público pode realizar visitas técnicas às vinícolas e descobrir o local onde são cultivadas as uvas e a forma como os vinhos são elaborados – com a melhor combinação entre tradição e inovação, zelo artesanal e apuro tecnológico.

Local estratégico para a realização da feira, a Serra gaúcha responde por cerca de 85% da produção nacional de vinhos, aproveitando o solo basáltico e o clima temperado, úmido e com noites amenas para cultivar uvas com personalidade forte. A região abrange as quatro áreas de produção enológica certificadas do país – tendo no roteiro passagens obrigatórias como os municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi, Flores da Cunha, Farroupilha, Pinto Bandeira, entre outros. Saiba por que visitar a Wine South America será uma oportunidade para realizar ótimos negócios e como aproveitar a estadia na Serra gaúcha para turistar:

POR QUE VISITAR A WINE SOUTH AMERICA
Promovida pela Milanez & Milaneze, subsidiária da italiana Veronafiere, que promove a Vinitaly, a Wine South America reunirá as principais e melhores vitivinícolas brasileiras e prestadores de serviços para o segmento vitivinícola reunidos com foco em negócios, networking e conhecimento. Além disso, expositores e especificadores terão a oportunidade de promover o consumo e a comercialização dos produtos da indústria sul-americana de vinhos, especialmente brasileira, mirando na internacionalização do setor. Também haverá espaço para produtores de café, destilados, azeite e olivicultores.

Entre os visitantes, são aguardados empresários, importadores, distribuidores, enólogos, sommeliers, pesquisadores, bem como consumidores. Além das novidades levadas pelos expositores, a feira terá uma programação com cursos e degustações. Outro atrativo diferenciado são as palestras técnicas conduzidas por profissionais de gabarito internacional.

CAPITAL BRASILEIRA DA UVA E DO VINHO
Experiências turísticas diferenciadas, novas vivências, conforto de bons hotéis e pousadas, deliciosa culinária e inúmeras opções de roteiros turísticos para todas as idades fazem de Bento Gonçalves um destino inesquecível. Considerada a Capital Brasileira da Uva e do Vinho, a cidade está localizada a 122 quilômetros de Porto Alegre (RS). É a primeira região do Brasil a obter a Indicação de Procedência e também Denominação de Origem para o Vale dos Vinhedos, cenário tão deslumbrante que já foi palco para gravação de filmes e telenovelas, bem como escolhida para integrar a Cidade do Vinho. O local reúne dezenas de vinícolas, hotéis, restaurantes, lojas e outros atrativos para acolher os turistas.

Outras rotas são: Caminhos de Pedra (um dos mais importantes roteiros de turismo cultura no meio rural, expressando a história da imigração italiana por meio da interatividade com os visitantes); Vale do Rio das Antas (paisagem tropical de um vale que se funde com o Rio das Antas, parcialmente encoberto por parreiras e bananeiras); Cantinas Históricas (um dos mais tradicionais distritos na elaboração de uvas de cepas diferenciadas, tem bons restaurantes e vinhos); Encantos de Eulália (passeio repleto de charme e encanto, composto por belas paisagens e uma variedade de atrativos como degustar vinhos, saborear comidas típicas e encantar-se pela aventura). Mais informações em bento.tur.br.

GARIBALDI
Já o município de Garibaldi é conhecido como ‘Capital Brasileira do Espumante’, reservando atrativos que conquistam pelo charme da vida no interior. A cidade preserva a arquitetura histórica da colonização italiana – perfeita para passear, fazer compras, tomar um café da tarde, curtir o mirante no alto de um vale e tirar fotos de cartão postal. Mas o destaque mesmo fica para as experiências nas vinícolas, como degustação às cegas, cinema a céu aberto em meio a vinhedos, harmonizações com chocolates e visitas guiadas. Destaques: Rota dos Espumantes; Via Orgânica; Passadas – a arquitetura do olhar; Estrada do Sabor. Informações adicionais no site turismo.garibaldi.rs.gov.br. Distâncias: 13,6 quilômetros de Bento Gonçalves e 112 quilômetros de Porto Alegre.

FLORES DA CUNHA
O município é contornado por belezas naturais, praças aconchegantes, igrejas, torres, cascatas e pelo sabor da farta gastronomia e dos vinhos que exalam o perfume da uva. No turismo, são cinco roteiros turísticos encantadores: Apromontes (visitação e degustação às vinícolas da rota); Caminhos da Colônia (rota enogastrônomica que percorre o interior de Flores da Cunha e Caxias do Sul); Melhor Idade (atrações para pessoas acima de 60 anos); Compassos da Mérica, Mérica (roteiro rural) e Vales da Serra (atrações integradas dos municípios Antônio Prado, Caxias do Sul, Flores da Cunha, Nova Pádua, Nova Roma do Sul e São Marcos). Mais informações no site www.floresdacunha.rs.gov.br. Distâncias: 62 quilômetros de Bento Gonçalves e 146 quilômetros de Porto Alegre.

PINTO BANDEIRA
Pinto Bandeira é um destino para quem quer passar bem, admirar a natureza, provar boa comida e degustar ótimos vinhos e espumantes. Com apenas três mil habitantes, o pequeno município possui excelente terroir para o cultivo de uvas que dão origem a espumantes de excelência, além de reunir atrativos como wine bar, jardins e passeios em meio à natureza na sede de vinícolas conceituadas. Outras informações no site www.pintobandeira.rs.gov.br. Distâncias: 20 quilômetros de Bento Gonçalves e 140 quilômetros de Porto Alegre.

FARROUPILHA
O município é berço da colonização italiana no Rio Grande do Sul, recebendo as primeiras famílias de imigrantes vindas da província de Milão. Além de oportunidade para conhecer de perto o cultivo de uvas, o município tem atrativos turísticos como o Salto Ventoso (cachoeira com 55 m de queda caindo sobre uma gruta em forma de ferradura). Na rota também é possível passar por belas paisagens rurais, uma antiga ferraria movida por roda d’água e conhecer o sistema de trabalho dos minifúndios do interior. Outra opção é o Vale Trentino, perfeito para conhecer cantinas, degustar excelentes vinhos e sucos e ainda conhecer o processo de maturação da uva para a fabricação do vinho.

Já o centro da cidade abriga uma catedral construída em 1932 em estilo gótico, com duas torres de 49 metros de altura. Outra visita imperdível é ao Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio – maior santuário religioso do sul do Brasil. Distâncias: 26,5 quilômetros de Bento Gonçalves e 111 quilômetros de Porto Alegre.

VERANÓPOLIS
Mais do que lugares a serem visitados, Veranópolis tem investido no turismo de experiências. Localizado no Vale das Antas, o município tem mirantes de tirar o fôlego, como o do Espigão ou da Cascata dos Três Monges. Os atrativos já começam na própria central de informações turísticas (Casa Saretta), construída em 1906 e tombada como patrimônio histórico – vale fazer algumas fotos. Ao lado da Igreja Matriz está o primeiro prédio da Sociedade Alfredo Chavense, hoje Casa da Cultura. Esse espaço abriga o Museu Municipal e o Memorial José Lewgoy, reunindo fotos, roupas e artefatos pessoais do ator natural de Veranópolis – já falecido.

Impossível passar por Veranópolis sem conferir o Restaurante Giratório, na BR-470, junto ao Mirante da Serra (torre com quase 80 metros de altura). Além de se fartar com boa gastronomia, o visitante pode admirar a vista da cidade. O sítio Tedesco Villa D’Asolo é outro ponto tradicional, localizado na comunidade de Nossa Senhora da Paz. O destaque fica para o turismo rural e à educação ambiental, com criação de peixes, aves e ovelhas, além de trilhas, fonte de água e balanços. Claro, não poderiam faltar atrações envolvendo a bebida símbolo da Serra gaúcha. São cerca de três vinícolasprodutoras com atendimento ao público e degustação de produtos (atendimento mediante agendamento). Distâncias: 38,5 quilômetros de Bento Gonçalves e 159 quilômetros de Porto Alegre.

NOVA PÁDUA
No início de 1886, sete famílias do Vêneto chegaram no Rio Grande do Sul para habitar a 16ª Légua do Campo dos Bugres, hoje Nova Pádua. Uma das características marcantes no pequeno município com cerca de três mil habitantes é a harmonia entre o trabalho e a natureza. Boa parte da economia é movimentada por 27 vinícolas, que juntas produzem mais de 5,5 milhões de litros de vinho por ano. Além de cultura, história, natureza e hospitalidade, Nova Pádua oferece mesa farta com deliciosos pratos típicos da gastronomia italiana – mantendo a tradição de comer e beber bem.

Vale conhecer a Capela das Almas e a história curiosa sobre seu nome. Indispensável conferir o Cachoeirão do Rio das Antas – formação rochosa em meio ao Rio das Antas, que chega a altura de 15 metros, formando quedas e corredeiras. Para conhecer mais paisagens, cascatas e paredões, é só fazer a travessia de balsa no Rio das Antas. Cantinas e adegas completam o charme interiorano, apresentando a simplicidade de quem produz vinho com amor e tradição. Distâncias: 77,4 quilômetros der Bento Gonçalves e 161 quilômetros de Porto Alegre.

SERVIÇO:
O quê: Wine South America 2018 – Feira Internacional do Vinho.
Quando: de 26 a 29 de setembro
Onde: Bento Gonçalves, RS
Local: Parque de Eventos de Bento Gonçalves (alameda Fenavinho, 481)

Compartilhe essa página com um amigo ou nas redes sociais:

Os comentários estão desativados.

Mais Notícias



VOLTAR