Rede Selina investirá R$ 3 milhões em Jericoacoara

A rede internacional de hotéis Selina procura parceiro investidor para se instalar no Brasil em 2018 e prospecta investimento de R$ 3 milhões em Jericoacoara, do total de US$ 150 milhões no País, México e até Argentina. A empresa trabalha com propriedades construídas, transformando-as em hotel da marca. No Ceará, a previsão é de 50 empregos diretos, além dos indiretos por meio de prestadores de serviços.

Steven O’Hayon, diretor de Desenvolvimento de Negócios no Selina, diz que é importante primeiro criar uma marca local antes de expandir dentro do País. “As primeiras unidades serão no Rio de Janeiro, ou em São Paulo. Mas achamos o Nordeste do Brasil também um ótimo lugar para começar. Por isso, se existir uma oportunidade boa no Ceará, podemos começar por aí”, afirma.

No País, a empresa está na etapa de identificar imóveis. “Trabalhamos em três etapas: identificar, converter e operar. Temos equipes responsáveis pela identificação de hotéis independentes de baixo desempenho localizados em lugares estratégicos. Convertemos as propriedades existentes investindo em arte, design e decoração, utilizando artesanato local (no caso cearense) carpintaria e materiais reformados e reciclados”, detalha.

No momento, a rede Selina vai começar a contratar pessoas para ajudar a procurar lugares para as operações. “Estamos buscando um investidor ou grupo para ser nosso parceiro de financiamento para a expansão de nossos negócios no País. Muitas vezes, fazemos parceria com os proprietários que decidem investir em nossos ativos”, detalha O’Hayon.

Obras

As obras serão iniciadas assim que a escolha do imóvel para a unidade de Jericoacoara for efetivada. A previsão é que o processo dure entre 8 e 10 meses. O que se desenha para o hotel no Ceará são entre 200 e 300 camas, com diárias variando entre os US$ 15 e US$ 150. Dentre os serviços oferecidos, a rede oferecerá passeios e atividades.

Além de São Paulo, Rio de Janeiro e Jericoacoara, Morro de São Paulo (BA), Praia Da Pipa (RN), Trancoso (BA), Itacaré (BA) e Florianópolis estão nos planos de investimentos da Selina. No País, as acomodações podem chegar a diárias entre US e US$ 300 por noite.


Fonte: O Povo - https://goo.gl/ip2jcd

 Voltar        Envie para um amigo        Imprimir        Outras novidades