10ª Edição de Eisenbahn Mestre Cervejeiro anuncia finalistas

Eisenbahn Mestre Cervejeiro

Juliano Mendes, Bia Amorim e Sady Homrich compõem o trio de jurados. Foto: Endemol Shine Brasil / Divulgação

 

Último episódio do reality vai revelar o grande vencedor que terá sua receita de Session IPA lançada pela Eisenbahn

Depois de sete episódios, diversas brassagens e produção de diferentes estilos de cerveja, o reality Eisenbahn Mestre Cervejeiro ano 10 chega no momento mais aguardado da terceira temporada. O reality, criado e produzido pela Endemol Shine Brasil, bateu recorde de inscrições este ano se comparado às temporadas anteriores.

Após a análise químico sensorial das amostras enviadas, os autores das dez melhores Session IPAs foram selecionados para participar desta edição do programa.

O objetivo é que o vencedor tenha a própria receita lançada e distribuída pela Eisenbahn em edição limitada. Além disso, o ganhador receberá também um curso do Instituto da Cerveja do Brasil (ICB), um dos parceiros do projeto e do Grupo Heineken Brasil, e uma viagem para fazer o tour cervejeiro na Alemanha custeados pela companhia.

A cada ano, o programa destaca um estilo de cerveja. Para esta temporada, o estilo da vez é a Session IPA, uma versão mais leve e refrescante da tradicional receita britânica Indian Pale Ale (IPA), caracterizada pelo amargor e teor alcoólico elevado.

Como novidade para esta temporada, os cervejeiros ganharam a ajuda de aprendizes cervejeiros – influenciadores digitais que não tinham experiência alguma na produção de cervejas. Isso tornou a disputa ainda mais equilibrada e contribuiu para levar conhecimento cervejeiro de forma simples e descomplicada para mais pessoas.

No episódio de estreia, os cervejeiros e aprendizes cervejeiros formaram duplas entre si. As duas duplas se enfrentaram em cada programa em formato mata-mata até a fase semi-final, onde a disputa passou a ser individual.

A cada semana um estilo de cerveja foi escolhido para desafiar os participantes a produzirem as receitas que mais agradaram ao trio de jurados, composto pelo fundador e consultor Eisenbahn, Juliano Mendes, pela sommelier e consultora etílica, Bia Amorim e pelo baterista e especialista em cerveja, Sady Homrich. Todos os estilos foram produzidos de acordo com a Lei Alemã da Pureza (1516), utilizando apenas água, lúpulo, malte e levedura entre os ingredientes.

Na última quinta-feira, dia 08/08, o estilo da vez foi a American Pale Ale, uma bebida que varia o sabor entre o amargo e o doce e possui uma coloração que pode ser clara ou mais escura, dependendo da quantidade de lúpulo utilizada na receita.

Na disputa, o cervejeiro e engenheiro químico de Belo Horizonte (MG), Claudio Botelho atendeu a todos os pré-requisitos solicitados pelo júri, como: cor, aroma e carbonatação e levou a melhor sobre o cervejeiro e analista de sistemas da cidade de Patos de Minas (MG), Rodolfo Leão.

Já os aprendizes cervejeiros tiveram que mostrar que aprenderam tudo sobre o universo das cervejas artesanais e, a criadora de conteúdo de São Bernardo do Campo (SP), Bells Trad acertou mais que o empresário paulista Marcelo Taz, ao responder corretamente as perguntas referentes as principais características de diferentes estilos de cerveja.

Agora Botelho e Trad avançam para grande final, onde enfrentarão o cervejeiro Vítor Moreira Lima, biólogo natural de Fortaleza (CE), e a aprendiz cervejeira e musicista natural de Natal (RN), Cris Botarelli. No primeiro episódio da fase semi-final, Lima e Botarelli superaram o cervejeiro e químico industrial de Santo Ângelo (RS), Diego Pinto e o aprendiz cervejeiro e fotógrafo de Serra Talhada (PE), Ton Gomes. Na ocasião, os cervejeiros tiveram que preparar a receita do estilo tema da primeira edição do concurso Eisenbahn Mestre Cervejeiro, a Belgian Dark Strong Ale – caracterizada como uma cerveja escura, forte e muito saborosa, além de gastronômica, pois vai bem com diversos pratos.

No último episódio da temporada, os participantes terão que preparar o estilo Session IPA.

“Quem chegou até aqui já passou pelo mais difícil, que foi produzir receitas mais elaboradas e técnicas do que a de uma Session IPA. Na final, acredito que a decisão será nos detalhes. Os aprendizes cervejeiros já mostraram que entender de cervejas artesanais é mais fácil do que parece. Agora eles terão que ser rápidos nas respostas e abusar da criatividade”, finaliza Karina Pugliesi, gerente de marketing da Eisenbahn.

A grande final do Eisenbahn Mestre Cervejeiro acontece na próxima quinta-feira (15/08), a partir das 23h15 no canal Multishow, com exibição dos melhores momentos na sexta-feira seguinte, após o programa Conversa com Bial, na TV Globo.

Para saber mais sobre o reality Eisenbahn Mestre Cervejeiro, conhecer os participantes e assistir aos episódios anteriores, acesse www.mestrecervejeiro2019.com.br.

 

Divulgação: Agência Lema

Compartilhe essa página com um amigo ou nas redes sociais:

Os comentários estão desativados.

Mais Notícias



VOLTAR