Atendimento de alto padrão, luxo e conforto: conheça os hotéis boutique e como eles estão transformando a hotelaria, a cada detalhe

Julia Tulio

 

Com poucas acomodações e proposta intimista, o modelo promete ser uma das grandes tendências no pós-Covid

 Quando você pensa em uma boutique, o que vem à sua mente? Luxo, artigos seletos e um tratamento exclusivo certamente são algumas ideias. Eis que, nos anos 80, alguns hotéis dos Estados Unidos começaram a incorporar o conceito, diferenciando-se da concorrência com a proposta de oferecer uma experiência única e personalizada. Mais tarde, em plena década de 90, esse modelo de negócio chegou ao Brasil com a inauguração do Hotel Emiliano, nos Jardins, em São Paulo.

“Nos hotéis tradicionais, por mais que o atendimento seja exclusivo, os hóspedes costumam ser conhecidos pelo número do quarto. Num Hotel Boutique, logo na reserva costuma-se fazer uma pesquisa sobre quem é o hóspede para poder personalizar sua estadia. Em alguns casos, durante o check-in, a pessoa já recebe um mimo personalizado, as toalhas e roupas de cama podem levar as iniciais do nome. Esse é um dos principais diferenciais: o hóspede é tratado com toda a exclusividade que ele merece”, conta Juliana Tulio, idealizadora e proprietária do Villa do Vale Boutique Hotel, em Blumenau.

Mas, além desse tratamento personalizado, os hotéis boutiques se destacam mesmo é pelos detalhes. São locais com um número reduzido de acomodações, a maioria assinada por um design diferente, que oferecem todo o suporte tecnológico para quem está hospedado, assim como uma decoração luxuosa e escolhida a dedo pelos proprietários. “No Villa do Vale, todos os quadros foram escolhidos por nós mesmos. Outra coisa legal que é bem característico do hotel boutique, é a venda dos móveis e artigos de decoração. Se algum hóspede gosta das toalhas que utilizamos, enviamos para sua casa toalhas novas, iguais às nossas. O mesmo com os móveis, se alguém gosta de uma cômoda, por exemplo, podemos encomendar outra exatamente igual”, explica Juliana.

Apesar do tom intimista, os hotéis boutique possuem toda a estrutura necessária para receber famílias inteiras. Mas, por ofertarem luxo e requinte, são quase que um destino obrigatório para noivos e casais que pretendem passar a noite de núpcias ou ainda a lua de mel. “Nossa principal suíte recebe muitas noivas para sessão de fotos, assim como noivos em noite de núpcias. Nessas ocasiões, oferecemos jogo de lençol bordado com as iniciais do casal, assim como fotos do casal para criar um ambiente especial para o momento. No entanto, para quem quiser vir com crianças, por exemplo, é possível até mesmo a instalação de videogame. A ideia é fazer com que o hóspede se sinta em casa”, diz Juliana.

Tendência para o pós-Covid

Com as limitações impostas pelo novo Coronavírus, o setor de hotelaria vem precisando repensar seu modelo de hospedagem. E, segundo Juliana Tulio, há grandes chances de os hotéis boutiques saírem na frente da tendência. Afinal, eles oferecem a privacidade de estar em um hotel com poucos hóspedes, aliada a um atendimento feito quase que exclusivamente nos quartos. Tudo isso pode contribuir para o aumento na procura desses estabelecimentos, que acabam entregando junto ao requinte e conforto, mais segurança. “Com essa mudança no perfil do viajante e do turismo em si, a personalização do serviço e experiências que tragam segurança e conforto serão, com certeza, priorizados. Isso tudo os hotéis boutiques já ofereciam antes mesmo da pandemia, e agora, ainda mais”, diz ela.

Hotéis boutique no Brasil

É impossível conhecer o conceito dos hotéis boutique e não querer planejar a próxima viagem, não é mesmo? Então, para quem está buscando uma opção segura neste momento, a idealizadora do primeiro hotel boutique do Vale Europeu listou alguns nomes que são referência no Brasil. Segundo ela, é importante estar atento na escolha, pois muitos locais utilizam o título como forma de chamar atenção dos clientes, no entanto, nem sempre oferecem o que prometem. “Muita gente usa o termo bonito como forma de chamar a atenção. Mas não é qualquer hotel que pode ser enquadrado nessa categoria. É preciso uma real personalização no atendimento, padrões e processos bem definidos”, diz ela. Conheça as sugestões:

Saint Andrews

O Castelo Saint Andrews, localizado em Gramado, na Serra Gaúcha, possui 19 suítes mas, devido à pandemia está operando com somente 10. Após o check-in, mordomos acompanham os hóspedes até suas acomodações e as refeições são pré-agendadas. Literalmente situado em um castelo, o local oferece jardins exuberantes, spa, piscina, adega gourmet, além de diversas experiências gastronômicas únicas.

https://www.saintandrews.com.br/pt/

Villa do Vale Boutique Hotel

Localizado em Blumenau, Santa Catarina, O Villa do Vale se encontra bem no centro da cidade, proporcionando uma vista privilegiada para o Vale Europeu. Possui 17 suítes com decoração única e exclusiva, além de piscina aquecida, jacuzzi, sauna, spa, charutaria e um bistrô. A suíte presidencial conta com 100 m² e oferece antessala, sala de jantar, lareira e uma sala de banho com vista panorâmica e teto retrátil. O hotel se prepara para passar por uma ampliação ainda este ano, com o objetivo de aprimorar sua gama de serviços e excelência.

https://www.villadovalehotel.com.br/home

Hotel Boutique Quinta das Videiras

Localizado em Florianópolis, o Quinta das Videiras conta com uma arquitetura clássica e quartos com varandas privativas com vista para a Lagoa da Conceição. Com 11 suítes, o hotel possui um design inspirado no estilo português do século XIX. Possui jardim, solarium com bistrô, área de spa e piscina.

https://www.quintadasvideiras.com.br/

Compartilhe essa página com um amigo ou nas redes sociais:
Divulgação: No Ar Assessoria de Comunicação

Os comentários estão desativados.

Mais Notícias



VOLTAR