FGV abre inscrições para novos cursos de curta e média duração

Com o objetivo de preparar os profissionais para o mercado de trabalho, a instituição disponibiliza cursos rápidos em diversas áreas em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília

A Fundação Getulio Vargas inicia as inscrições dos cursos de extensão de curta e média duração em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Esses cursos têm como objetivo propiciar conteúdos novos e atualizados para complementar a formação de executivos e outros profissionais. Além disso, proporcionam networking na área escolhida. As aulas começam a partir de março e não há taxa de inscrição.

Em São Paulo são três cursos inéditos: 

Formação Executiva em Negócios do Vinho – O mercado de vinho no Brasil está em expansão. Em 2018, o país vendeu 14 milhões de litros de vinho fino e importou 110 milhões. Recentemente, o governo decidiu criar um fundo para modernizar a vitivinicultura brasileira, o plano é alocar do IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) R﹩ 130 milhões para ajudar os produtores no país.

Diante desse cenário, com um ambiente empresarial fortemente competitivo, complexo e inovador, há muita demanda por empreendedores e líderes de empresas que sejam capazes de desenvolver estratégias e procedimentos que viabilizem e sustentem o negócio: oferta de bons produtos, informação eficaz, e competente trabalho de comunicação e de vendas. Esse é o objetivo do curso de 64h/aula mostrar as estratégias para a cadeia de negócios da indústria do vinho, por meio da compreensão da história evolutiva da indústria, comércio, turismo e na cultura do Brasil e do mundo; abordar o e-commerce, fornecer conceitos básicos de comunicação e desenvolver um plano de negócio. Esse curso também será oferecido, pela primeira vez, no Rio de Janeiro.

Os cariocas também podem contar com dois cursos na área de vinho.

Informações:
Brasília (61) 3799 8090 – fgv.br/curta-e-media-bsb
Rio de Janeiro (21) 3799-5900 – fgv .br/curta-e-media-rio
São Paulo 0800 772 2778fgv.br/curta-e-media-sp

Sobre a FGV

Criada em 1944, a Fundação Getulio Vargas nasceu com o objetivo de promover o desenvolvimento socioeconômico do Brasil por meio da formação de administradores qualificados, nas áreas pública e privada.

Ao longo do tempo, a FGV ampliou a sua atuação para outras áreas do conhecimento, como Ciências Sociais, Direito, Economia, História, Matemática Aplicada e, mais recentemente, Relações Internacionais, sendo sempre reconhecida pela qualidade e excelência ao produzir e difundir conhecimento.

Atualmente a FGV possui parceria com mais de 200 instituições estrangeiras de ensino superior e ocupa o 7º lugar entre os melhores Think Tanks do mundo, segundo o Global Go To Think Tank Index Report.

Compartilhe essa página com um amigo ou nas redes sociais:

Os comentários estão desativados.

Mais Notícias



VOLTAR