FIspal Food Service 2019 – Italiana Gaggia apresenta máquinas super automáticas para espresso

Italiana Gaggia

 

80 anos da primeira máquina de café espresso do mundo. Italiana Gaggia apresenta máquinas super automáticas para espresso na Fispal Food Service

Em 1938, o barman milanês Achille Gaggia registrou a primeira patente para uma máquina de café conhecida hoje como espresso.

Ela usava um revolucionário mecanismo de pistão, que empurrava a água em pó de café em alta temperatura.

Sua ideia surgiu ao observar o motor de um jipe ​​do exército americano, que era acionado por um sistema hidráulico.

L’esclusivo meccanismo a pistoni produce la crema: uno strato naturale di oli di caffè che assomiglia a una schiuma sulla superficie della bevanda.O inovador mecanismo de pistão permitiu a obtenção de um creme – uma camada natural de óleos de café, que se assemelha a uma espuma na superfície da bebida. Questo rende l’espresso di Gaggia unico, dando all’esclusiva bevanda un aroma e un sapore più intensi.

Isso tornou o expresso de Gaggia único, dando à bebida exclusiva um aroma e sabor mais intensos. Gaggia installa le sue macchine nei bar di Milano accompagnandole da grossi cartelli appesi alle finestre dei locali che riportano la scritta “Crema caffè di caffè naturale”.

A novidade logo se espalhou pelos bares de Milão e depois pela Europa.

Estava lançada a semente para a era moderna do café espresso e para a criação da marca italiana GAGGIA, sinônimo de café espresso e cappuccino na Europa.

Essa tradição e qualidade se espalharam pelo mundo e também estão presentes no Brasil.

A IMELTRON, uma das maiores e mais importantes importadoras de UD do país, representa a marca com exclusividade para o mercado brasileiro.

Sua novidades estarão expostas na Fispal Food Service, de 11 a 14 de Junho, no Expo Center Norte em São Paulo.

Cafeteiras Super Automáticas

Graças à tecnologia GAGGIA, com apenas com o toque de um botão é possível apreciar um genuíno espresso italiano.

Um painel frontal permite selecionar o café preferido, que é tirado com a precisão de um barista.

As máquinas são equipadas com moinhos em cerâmica.

Eles preservam as características dos grãos, evitando sobreaquecimento e interferência no sabor da bebida.

A cerâmica também garante maior durabilidade ao mecanismo e uma operação totalmente silenciosa.

Um dos destaques do portfólio disponível no Brasil é a Cafeteira Gaggia Anima Pannarelo.

Além do mecanismo prático e funcional, esbanja elegância com um acabamento nobre.

Seu painel frontal é em aço escovado, à prova de impressão digital.

O visor destaca–se numa moldura de petal.

As paredes laterais são pretas.

Conta com o clássico vaporizador de leite “Panarello”, que pemite a obtenção de uma crema perfeita.

Outro destaque é a Cafeteira Gaggia Naviglio.

Com dimensões compactas, permite o abastecimento e limpeza pela parte frontal da máquina, facilitando o uso em ambientes com espaço reduzido.

Sua caldeira permite alcançar a temperatura ideal para a bebida preferida em poucos segundos.

Conta com o clássico vaporizador de leite “Panarello”, que pemite a obtenção de uma crema perfeita.

Divulgação: Todavia Comunicação

Compartilhe essa página com um amigo ou nas redes sociais:

Os comentários estão desativados.

Mais Notícias



VOLTAR