Procura de brasileiros por cruzeiros no país tem aumento de 21% no 1º semestre

293 mil cruzeiristas brasileiros fomentaram o turismo náutico no país entre janeiro e junho de 2019

Reforçando a importância do turismo como vertente da economia em 2019, a CLIA Brasil anunciou nesta quarta-feira (16/10) um significativo aumento no setor de cruzeiros marítimos. Estudo anual da entidade registrou 293 mil embarques de turistas brasileiros em navios na costa do país entre janeiro e junho deste ano, um aumento de 21% em relação ao mesmo período em 2018. Outro dado divulgado foi o de que 402 mil brasileiros embarcaram em cruzeiros dentro e fora do país no primeiro semestre de 2019, um aumento de 16,1% em comparação com os 346 mil do mesmo período em 2018.

No Brasil, a temporada 2019/2020 de cruzeiros receberá oito navios, um a mais do que a temporada passada, trazendo 531.121 leitos que serão divididos por 144 roteiros e 575 escalas. A temporada 2018/2019 foi responsável por um impacto econômico de R$ 2,083 bilhões na economia do país, gerando 31.992 postos de trabalho.

O ministro Marcelo Álvaro Antônio ressaltou a relevância da atividade para o turismo brasileiro e para a economia do país. “Temos trabalhado e adotado ações com o objetivo de desenvolver o setor de cruzeiros para, quem sabe, termos 50, 100 navios fazendo turismo na costa brasileira todos os anos”, disse.

A temporada de cruzeiros no Brasil vai de novembro a abril e a CLIA espera que a popularidade das viagens entre os brasileiros cresça ainda mais. “Para acompanhar esse rápido crescimento, o Brasil tomou medidas significativas para receber navios em novos portos, aumentando a capacidade e melhorando a experiência geral dos viajantes”.

Terminal De Passageiros

O Brasil terá seu primeiro porto com terminal de passageiros exclusivo para cruzeiristas. Em setembro, o Ministério da Infraestrutura assinou o contrato de adesão em Terminais de Uso Privado (UTPs) que permite a construção do porto de Balneário Camboriú pela empresa PDBS. O porto de Balneário Camboriú é o primeiro passo de um projeto que pretende construir 15 instalações voltadas para o turismo marítimo em todo o Brasil. A expectativa é de atrair mais empresas do setor de cruzeiros, mais navios para a costa brasileira e aumentar significativamente o número de turistas e o impacto econômico do setor.

Com a construção do primeiro terminal exclusivo de passageiros no porto de Balneário Camboriú, a estimativa é de que o impacto seja enorme no turismo marítimo brasileiro. De acordo com projeções, mais cinco navios seriam atraídos, colocando mais 300 mil turistas na costa brasileira, sendo 120 mil estrangeiros. Além disso, a expectativa é de criação de 1,5 mil empregos diretos e outros 10,5 mil indiretos. O impacto econômico seria de mais R$ 2 bilhões, um crescimento de 100% considerando os dados de 2018/2019.

Divulgação: Ministério do Turismo

Compartilhe essa página com um amigo ou nas redes sociais:

Os comentários estão desativados.

Mais Notícias



VOLTAR